Você já sentiu que seus pés ou suas pernas estão ficando maiores, mais pesados ou difíceis de movimentar? Se sim, deveria prestar atenção à aparência deles: você pode estar com inchaço nos pés e pernas.

Esse é um sintoma que pode causar grande incômodo. Afinal, muitas das vezes o inchaço nos pés e pernas está associado a outros sintomas, como a presença de varizes ou dores nas articulações. Além disso, os pés inchados podem ser causa de um certo desconforto estético, certo?

No entanto, a estética não é o único problema desse sintoma. O inchaço pode ser indicativo de doenças mais sérias, possivelmente graves e sem outros sinais associados. Quer saber mais sobre ele? Continue lendo!

Por que o inchaço ocorre?

O nome formal do inchaço — seja ele nos pés, nas pernas ou em qualquer parte do corpo — é edema. Ele ocorre quando o líquido que temos em nosso sangue é transferido para fora dele, se acumulando nos tecidos próximos à pele. É por isso que temos a impressão de que os pés ficam maiores e começam a perder seu formato típico.

Dependendo da causa, esse processo pode durar semanas ou meses. A boa notícia é que o quadro é geralmente reversível, podendo o edema ser resolvido pelo tratamento da condição que o está causando. A má notícia é que o inchaço nos pés e pernas, dependendo da situação, pode significar uma doença mais grave.

Mas por que nos pés?

O edema pode ocorrer em qualquer parte do corpo. Mesmo órgãos internos, como o intestino, podem sofrer com seus efeitos. Mas, neste artigo, focaremos no inchaço que ocorre na pele. Analisando os casos de edema, percebemos que os pés, tornozelos e pernas são os locais mais acometidos. Você já se perguntou por quê?

A resposta é simples. Nosso corpo conta com vasos chamados de “linfáticos”, que são responsáveis por absorver o excesso de líquido nos tecidos. Em condições normais, eles reduzem o edema até que não o percebamos. Mas quando o inchaço é muito grande, esses vasos se sobrecarregam e não dão conta do recado. É assim que aparece o edema visível, que conseguimos perceber.

As principais causas de inchaço nos pés e pernas estão relacionadas ao sistema circulatório. Nesses casos, como os pés são as estruturas mais baixas do corpo, o líquido tende a se acumular neles quando ficamos em pé.

Quais doenças podem causá-lo?

Uma grande quantidade de doenças pode levar ao inchaço, vamos mencionar algumas que tem uma relação mais estreita com o sistema circulatório. Confira a seguir!

Alterações hormonais

Existem hormônios que podem estar relacionados ao edema, quando seus níveis são alterados. Como exemplo podemos citar os produzidos pela tireoide e os anticoncepcionais.  Se você já fez uso de anticoncepcionais,  pode ter percebido algum inchaço nos pés. Ele ocorre porque esses medicamentos podem afetar o equilíbrio hídrico do corpo, levando a retenção de líquidos.

Entre outras condições estão, por exemplo, o excesso de cortisol. Esse é um hormônio secretado por uma glândula chamada suprarrenal e, muitas vezes, está relacionado ao estresse. O ideal, para que você saiba se há algum distúrbio endócrino causando o inchaço nos pés e pernas, é procurar um profissional para auxiliar no diagnóstico.

Problemas nos rins

Os rins são os órgãos responsáveis pela excreção de urina. Quando não funciona bem, acumulamos a água que deveríamos eliminar, aumentando o volume líquido do corpo. Com isso, o sistema linfático fica sobrecarregado, o que pode desencadear o inchaço.

Insuficiência venosa

A insuficiência venosa ocorre quando as veias não conseguem levar adequadamente o sangue de volta ao coração. Dessa forma, o sangue se acumula no corpo, principalmente nos pés e nas pernas.

Um sintoma muito associado a essa doença é a presença de varizes, também conhecidas como “veias arrebentadas”. Além do fator estético, elas também são uma causa importante de inchaço nos pés.

Insuficiência cardíaca

Uma causa preocupante de inchaço nos pés e pernas é a insuficiência cardíaca. Ela ocorre quando o coração não funciona bem na sua função de bombear sangue para o corpo. Com isso, há um acúmulo de líquido nas veias e ele extravasa para os tecidos.

Na insuficiência cardíaca, outros sintomas podem estar presentes. Um bem marcante é a falta de ar, que piora com o exercício físico e pode incapacitar atividades diárias. Tosse constante, diminuição no volume de urina e fadiga são outros sinais com os quais devemos ficar atentos.

O inchaço dos problemas circulatórios tende a seguir um ritmo diário. Ele é maior no período da noite e sofre uma reabsorção enquanto você dorme. Por isso, o edema pode parecer menor quando você acorda, mas volta a crescer com o passar do dia.

Há tratamento para o inchaço nos pés e pernas?

Na maioria das vezes, o inchaço reduz quando tratamos a doença que o está causando. No entanto, esse tratamento varia de doença para doença. Não existe uma recomendação única ou um remédio que funcione para todos os casos. Se você está apresentando inchaço nos pés e pernas, é fundamental que procure um profissional adequado para ter um diagnóstico.

Para o alívio do inchaço, algumas medidas podem ser tomadas. Em alguns casos, por exemplo, o uso de meias compressivas ajuda os vasos linfáticos a reabsorverem o líquido em excesso. Outra medida muito utilizada é a prescrição de medicamentos que auxiliam o rim a excretar o volume em excesso do corpo.

Mas é preciso tomar cuidado: medidas como o uso de remédios também podem levar à desidratação e perda de elementos, como o potássio, devendo ser sempre utilizados com muita cautela.

Outro fator que influencia no inchaço é a alimentação. Muitas vezes, uma dieta com muito sal leva a retenção de líquidos.

Quando procurar ajuda?

Como o tratamento é muito variado, um diagnóstico preciso é fundamental. Por isso, se você está sofrendo com o inchaço nos pés e pernas, não perca tempo e procure já um médico. Ele o ajudará a definir o que está causando o sintoma e qual a melhor maneira de tratá-lo.

Em Belo Horizonte, uma das referências em doenças venosas é a Venous Laser Clinic. Utilizando técnicas sofisticadas e modernas, oferece um serviço único no tratamento de problemas relacionados ao sistema circulatório. Se você está com inchaço nos pés e pernas ou varizes, entre em contato conosco. Estamos prontos para ajudar!

Você já sentiu que seus pés ou suas pernas estão ficando maiores, mais pesados ou difíceis de movimentar? Se sim, deveria prestar atenção à aparência deles: você pode estar com inchaço nos pés e pernas.

Esse é um sintoma que pode causar grande incômodo. Afinal, muitas das vezes o inchaço nos pés e pernas está associado a outros sintomas, como a presença de varizes ou dores nas articulações. Além disso, os pés inchados podem ser causa de um certo desconforto estético, certo?

No entanto, a estética não é o único problema desse sintoma. O inchaço pode ser indicativo de doenças mais sérias, possivelmente graves e sem outros sinais associados. Quer saber mais sobre ele? Continue lendo!

Por que o inchaço ocorre?

O nome formal do inchaço — seja ele nos pés, nas pernas ou em qualquer parte do corpo — é edema. Ele ocorre quando o líquido que temos em nosso sangue é transferido para fora dele, se acumulando nos tecidos próximos à pele. É por isso que temos a impressão de que os pés ficam maiores e começam a perder seu formato típico.

Dependendo da causa, esse processo pode durar semanas ou meses. A boa notícia é que o quadro é geralmente reversível, podendo o edema ser resolvido pelo tratamento da condição que o está causando. A má notícia é que o inchaço nos pés e pernas, dependendo da situação, pode significar uma doença mais grave.

Mas por que nos pés?

O edema pode ocorrer em qualquer parte do corpo. Mesmo órgãos internos, como o intestino, podem sofrer com seus efeitos. Mas, neste artigo, focaremos no inchaço que ocorre na pele. Analisando os casos de edema, percebemos que os pés, tornozelos e pernas são os locais mais acometidos. Você já se perguntou por quê?

A resposta é simples. Nosso corpo conta com vasos chamados de “linfáticos”, que são responsáveis por absorver o excesso de líquido nos tecidos. Em condições normais, eles reduzem o edema até que não o percebamos. Mas quando o inchaço é muito grande, esses vasos se sobrecarregam e não dão conta do recado. É assim que aparece o edema visível, que conseguimos perceber.

As principais causas de inchaço nos pés e pernas estão relacionadas ao sistema circulatório. Nesses casos, como os pés são as estruturas mais baixas do corpo, o líquido tende a se acumular neles quando ficamos em pé.

Quais doenças podem causá-lo?

Uma grande quantidade de doenças pode levar ao inchaço, vamos mencionar algumas que tem uma relação mais estreita com o sistema circulatório. Confira a seguir!

Alterações hormonais

Existem hormônios que podem estar relacionados ao edema, quando seus níveis são alterados. Como exemplo podemos citar os produzidos pela tireoide e os anticoncepcionais.  Se você já fez uso de anticoncepcionais,  pode ter percebido algum inchaço nos pés. Ele ocorre porque esses medicamentos podem afetar o equilíbrio hídrico do corpo, levando a retenção de líquidos.

Entre outras condições estão, por exemplo, o excesso de cortisol. Esse é um hormônio secretado por uma glândula chamada suprarrenal e, muitas vezes, está relacionado ao estresse. O ideal, para que você saiba se há algum distúrbio endócrino causando o inchaço nos pés e pernas, é procurar um profissional para auxiliar no diagnóstico.

Problemas nos rins

Os rins são os órgãos responsáveis pela excreção de urina. Quando não funciona bem, acumulamos a água que deveríamos eliminar, aumentando o volume líquido do corpo. Com isso, o sistema linfático fica sobrecarregado, o que pode desencadear o inchaço.

Insuficiência venosa

A insuficiência venosa ocorre quando as veias não conseguem levar adequadamente o sangue de volta ao coração. Dessa forma, o sangue se acumula no corpo, principalmente nos pés e nas pernas.

Um sintoma muito associado a essa doença é a presença de varizes, também conhecidas como “veias arrebentadas”. Além do fator estético, elas também são uma causa importante de inchaço nos pés.

Insuficiência cardíaca

Uma causa preocupante de inchaço nos pés e pernas é a insuficiência cardíaca. Ela ocorre quando o coração não funciona bem na sua função de bombear sangue para o corpo. Com isso, há um acúmulo de líquido nas veias e ele extravasa para os tecidos.

Na insuficiência cardíaca, outros sintomas podem estar presentes. Um bem marcante é a falta de ar, que piora com o exercício físico e pode incapacitar atividades diárias. Tosse constante, diminuição no volume de urina e fadiga são outros sinais com os quais devemos ficar atentos.

O inchaço dos problemas circulatórios tende a seguir um ritmo diário. Ele é maior no período da noite e sofre uma reabsorção enquanto você dorme. Por isso, o edema pode parecer menor quando você acorda, mas volta a crescer com o passar do dia.

Há tratamento para o inchaço nos pés e pernas?

Na maioria das vezes, o inchaço reduz quando tratamos a doença que o está causando. No entanto, esse tratamento varia de doença para doença. Não existe uma recomendação única ou um remédio que funcione para todos os casos. Se você está apresentando inchaço nos pés e pernas, é fundamental que procure um profissional adequado para ter um diagnóstico.

Para o alívio do inchaço, algumas medidas podem ser tomadas. Em alguns casos, por exemplo, o uso de meias compressivas ajuda os vasos linfáticos a reabsorverem o líquido em excesso. Outra medida muito utilizada é a prescrição de medicamentos que auxiliam o rim a excretar o volume em excesso do corpo.

Mas é preciso tomar cuidado: medidas como o uso de remédios também podem levar à desidratação e perda de elementos, como o potássio, devendo ser sempre utilizados com muita cautela.

Outro fator que influencia no inchaço é a alimentação. Muitas vezes, uma dieta com muito sal leva a retenção de líquidos.

Quando procurar ajuda?

Como o tratamento é muito variado, um diagnóstico preciso é fundamental. Por isso, se você está sofrendo com o inchaço nos pés e pernas, não perca tempo e procure já um médico. Ele o ajudará a definir o que está causando o sintoma e qual a melhor maneira de tratá-lo.

Em Belo Horizonte, uma das referências em doenças venosas é a Venous Laser Clinic. Utilizando técnicas sofisticadas e modernas, oferece um serviço único no tratamento de problemas relacionados ao sistema circulatório. Se você está com inchaço nos pés e pernas ou varizes, entre em contato conosco. Estamos prontos para ajudar!v

Copyright © 2019 | Venous Laser