As varizes são veias insuficientes e dilatadas. Elas podem ser tratadas por métodos não invasivos, como a atividade física, modificação da alimentação, medicamentos, uso de meias elásticas entre outros. Contudo, quando esses tratamentos não são suficientes e o problema não é eliminado ou, ao menos, reduzido, é preciso passar para procedimentos corretivos.

Há casos em que são recomendados tratamentos como a cirurgia como primeira escolha. Por outro lado, existem situações em que se pode indicar tratamentos menos invasivos e observar se o caso vai precisar realmente de procedimento cirúrgico. É importante lembrar que o adiamento dele pode acarretar complicações, como uma piora da circulação e até mesmo o desenvolvimento de trombose.

Portanto, esses tipos de tratamento para varizes buscam uma solução efetiva para o problema. Vale enfatizar que existem diversos tipos de procedimentos para varizes, com recuperação rápida e menor desconforto .

Acompanhe este post e saiba sobre tratamentos para varizes

Cirurgia convencional

Também conhecida como cirurgia tradicional, é ainda o procedimento mais executado para tratamento de varizes de maior calibre.

O procedimento consiste na retirada de veias danificadas visando o restabelecimento da circulação. O pós-operatório pode ser um pouco mais complexo, com imposição de maiores limitações durante a recuperação.

Cirurgia a laser

Nesse tipo de cirurgia, introduz-se uma fibra no interior das veias comprometidas. Uma vez dentro desses canais, a energia do Laser liberada provoca uma lesão térmica, que fecha aquele vaso, obstruindo-o sem ser preciso retirá-lo.

O vaso tratado é eliminado lentamente até desaparecer. O pós operatório é mais tranquilo, permitindo retorno rápido do paciente às atividades normais

Radiofrequência

O procedimento da radiofrequência é semelhante à cirurgia a laser, já que também oclui o vaso para que o mesmo possa desparecer.

Indicada para tratar varizes maiores, ela é usada nos casos em que a veia safena está danificada, interrompendo sua função sem removê-la. As veias próximas às safenas são tratadas por retirada cirúrgica ou com a técnica da espuma. Possibilita rápida recuperação.

Tratamento por Espuma

Diferentemente do que se acredita, a injeção de espuma não é uma cirurgia, e é menos invasiva. No entanto, esse procedimento é equivalente a cirurgia devido aos tipos de veias tratadas e aos resultados alcançados. Também conhecida como escleroterapia com espuma, seu funcionamento ocorre com a injeção de uma espuma especial nas veias que causam as varizes, levando a sua obstrução.

Como benefício, pode se destacar a ausência de marcas ou cicatrizes, mesmo sendo utilizadas agulhas na aplicação da espuma em diversas etapas.

Microcirurgia

Chamada de flebectomia ambulatorial, a microcirurgia é pouco invasiva e pode ser feita no consultório do cirurgião vascular, com anestesia local. O procedimento é apropriado para pessoas com varizes pequenas ou médias. Esse tipo de tratamento consiste em incisões, pequenos cortes na pele, com a finalidade de remover as varizes. A recuperação após o procedimento é bem rápida.

Como foi possível observar, mesmo que alguns tipos de tratamentos para varizes, aparentem ser simples, precisam ser efetuados por profissionais qualificados como forma de assegurar bons resultados. Assim, é importante saber onde e quem realizará o procedimento. É indispensável conhecer o ambiente onde serão praticados os procedimentos, haja vista a necessidade de um local devidamente equipado e seguro. A Venous Laser Clinic é uma instituição comprometida com a saúde e bem-estar de seus pacientes.

Nos preocupamos em oferecer segurança e uma relação próxima com os pacientes. Ao longo dos vários anos que atuamos, acumulamos grande experiência, que aliada aos nossos modernos métodos de tratamentos e técnicas cientificamente testadas, nos permitem obter resultados expressivos no tratamento das varizes. Portanto, se você deseja cuidar de suas pernas entre em contato conosco.

Add comment

Name
E-mail
Comment

Copyright © 2019 | Venous Laser